terça-feira, 13 de maio de 2014

sonhos pranormais

Definição. Sonhos paranormais são as experiências oníricas em que ocorrem os fenômenos paranormais, parapsíquicos, extra-sensoriais.

Nomes. Outros nomes pelo qual é conhecido.

 

  1. Sonho PES
  2. Sonho Psíquico
  3. Sonho Paranormal
  4. Sonho Mediúnico
     
    Fascínio. Os sonhos paranormais sempre despertaram um grande fascínio na humanidade. As possibilidades PÉS nos sonhos mostram mais um ângulo da importância dos sonhos, e como a nossa sociedade ignora mais esse ponto dos sonhos.
    Sagrados. Diversos livros sagrados das mais diversas religiões relatam casos de sonhos psíquicos, nas mais diversas modalidades.
    Onirocrítica. A onirocrítica, o novo paradigma dos sonhos, dá uma atenção especial aos sonhos paranormais em dois grandes momentos, na vigília onírica e na vigília ativa.
    Tipos. Nós temos diversos tipos de sonhos paranormais:
     

  1. Sonho Paranormal telepático. Telepatia nos sonhos, possível explicação para os sonhos compartilhados, experiência de quase morte,
  2. Sonho Paranormal clarividente.
  3. Sonho Paranormal precognitivos. Sonho profético
  4. Sonho Paranormal retrocognitivo
  5. Sonho Paranormal tele cinético. Objetos que se movem, relógios mecânicos que param no momento do sonho com outro sonhador
  6. Sonho Paranormal de cura. A cura paranormal ocorrida através dos sonhos e sonhos compartilhados, lúcidos e não lúcidos
  7. Sonho Paranormal compartilhado com entidade teta
  8. Sonho Paranormal compartilhado com sonhador físico na vigília ativa. Pessoas que, na vigília ativa.
     
    Sonhador Lúcido Máximo. Na teoria do aluno nota 10, o sonhador lúcido máximo vai encontrar espaço para a capacidade PÉS geral, tanto nos sonhos como na vigília ativa e a possibilidade para transportar os conceitos multidimensionais do aluno nota 10 para a vigília ativa comum.
    Paranormal Lúcido. Se nós temos o conceito de sonho comum paranormal e sonho lúcido paranormal, podemos, então, relacionar, paranormal e paranormal lúcido.
    Maturidade Onírica. O aproveitamento dos sonhos paranormais conduz o sonhador à maturidade onírica, o contato com a sabedoria perene dos sonhos.
    Maturidade Existencial. O aproveitamento da paranormalidade na vigília ativa conduz à maturidade existencial, o contato mais íntimo com a sabedoria da vida.
    Maturidade transpessoal. O aproveitamento das capacidades paranormais oníricas em sua plenitude conduz o sonhador lúcido a aumentar a sua maturidade transpessoal.
    Tanatocrítica. Como os sonhos são considerados uma morte interina, através dos sonhos pode investigar, certos aspectos da morte total pesquisando a teoria da sobrevivência, com os subsídios da tanatocrítica, o novo paradigma da morte.
    Tanatonáutica. É o ramo da onironáutica que estuda a contato com os sonhadores ou entidade teta.
    Diferença. O sonho psíquico diferencia-se da mediunidade pelo fato do sonhador ser uma capacidade sensitiva e não mediúnica. Mas pode haver o sonho mediúnico, em que o médium sonhador trabalha diretamente com os espíritos.
    Ética Transpessoal. A PÉS tem implicações éticas, mas em um nível mais profundo e abrangente, a ética transpessoal.
    Narrativa.
     
    "Eu tinha ótimos amigos, fazendeiros em Chevennes, mas desde algum tempo que não os via. Certa noite tive um horrível pesadelo: vejo o incêndio a devorar a fazenda desses amigos. Eu fazia esforços sobre-humanos para correr, a fim de chamar por socorro e permanecia impotente; nenhuma voz saia da minha garganta, meus pés estavam como que pregados no solo. Desse modo, vi o fogo comunicar-se a vários edifícios; enfim, no instante de um desmoronamento geral, fiz um esforço violento para desvencilhar-me dos escombros e despertei, com a garganta seca, imensamente fatigado. Saltei da cama. Nesse instante, minha mulher despertou. Contei-lhe o meu sonho. Ela riu muito de me ver assim tremendo tanto. No correr do dia seguinte, recebo um expresso comunicando-me que uma parte da fazenda havia sido destruída por um incêndio."
     
     Sonho Paranormal. Este é um caso de sonho paranormal, sonho-PES ou sonho místico. Os relatos sobre esse tipo de sonho são muito grandes. Provavelmente é o tipo de sonho mais comum e que chama mais a atenção, tanto devido a dramaticidade com que aparece bem como ao impacto que causa no sonhador. E principalmente devido a incredulidade da nossa sociedade tanto em relação ao sonho como também em relação aos poderes paranormais.
    Casos Espontâneos. Um caso muito comum de caso espontâneo de sonho paranormal é o caso da mãe que recebe uma impressão de que o filho corre perigo ou morreu.
    PÉS. Modernamente os poderes paranormais são classificados, grosso modo, em clarividência, telepatia, telecinesia, precognição e retrocognição. Os poderes paranormais aparecem melhores nos sonhos, também na meditação. Os sonhos lúcidos têm certo parentesco com a meditação e, por isso é o melhor palco para os poderes paranormais.
    Precognitivo. Provavelmente o sonho paranormal mais comum é o sonho precognitivo, ou seja, sonhar com o futuro, sonhar com o que vai acontecer. Isso se deve ao fato de que parte do sonho, estudada pela fenomenologia dos sonhos, é abstraia, imaterial, o Nível da Mente na terminologia de Ken Wilber, bem, o que importa é que esses sonhos existem e muita gente o tem. As pessoas geralmente o têm nos níveis de baixa lucidez, mas pode-se ter em alta lucidez. Certa vez, em um sonho lúcido, tentei ler as notícias em um jornal, para saber o que ia acontecer no futuro, mas a experiência não deu certo, mas valeu a tentativa.
    Jung. O psiquiatra suíço teve um sonho psíquico em que viajava até a estratosfera e via a terra e dizia: “a terra é azul”
    Curiosidade. Uma curiosidade, fundador da moderna parapsicologia Rhine, teve o seu interesse desperto quando, ainda estudante, ouviu o caso de um sonho clarividente, contado por um professor seu. Nesse sonho Um homem narrava um sonho vívido em que o seu amigo esta em perigo o sonho foi tão vívido que fez com que a mulher acordasse a sua esposa e fosse até a foi casa do seu amigo seu e, quando chegou lá ela estava  morto. vide narrativa acima
    Contra. Nem todos os pesquisadores são a favor do sonho paranormal ou aceitam a sua existência. Temos Ruben Fine, psicanalista americano dizendo que o sonho telepático não existe. Apesar de Freud ter sido um dos primeiros pesquisadores a publicar um artigo sobre sonho telepático que ocorreu com um paciente seu.
    Técnicas. Existem técnicas para o desenvolvimento do sonho telepático, tais como:
     

    1. Do diagnóstico onírico
    2. Da pessoa alvo
    3. Do local alvo
    4. Da localização de objetos perdidos
       
       
      Referências bibliográficas e fontes de referencia
       
       

Otavio Aquino

Um comentário:

Milmo Kutz BR disse...

Esse sonho foi nessa noite 15/05/14
Eu estava sonhando com um boneco...lego provavelmente, ele estava fugindo de alguma coisa,algum tempo depois eu percebi quer era um demonio e percebi o (SL)
Ao perceber eu pensei: saia desse sonho.

Acordo.