segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

ENSONHAR - Nuvem-que-Passa




ENSONHAR


Nuvem-que-Passa


Quando abandonamos o sonhar que nossa essëncia traz em si para sonharmos sonhos impostos por outros, estamos no caminho dos pesadelos, pois, creio que pesadelo maior não há que vagar ausente de si, perdido nesta vastidão sem limites, onde podemos nos tornar presa fácil de seres muito mais antigos e complexos. Sonhamos o mundo com a força de nossa intenção.

Os seres humanos vieram de mundos de sonhos e passaram por muitos mundos, muitos sonhos, até chegar a este mundo, com o qual sonhamos agora. Estes momento mágico, único, que nunca vai se repetir, efëmero é nossa participação neste vasto sonhar da ETERNIDADE. Somos o sonhado, mas podemos acordar e nos tornarmos o sonhador. Uma das descobertas mais desconcertantes da prãtica da Arte do Sonhar é descobrir que também somos um sonho. Assim como sonhamos com o sonhador o sonhador sonha conosco. Este é um dos pontos fundamentais do Xamanismo.

10 comentários:

Carolina B.! disse...

Já leu O Lado Ativo do Infinito?

Hanna Guímel disse...

http://hannaguimel.blogspot.com/

se gostar me segui !

beijo

Pyter disse...

eu assisti o filme A Origem, em que eles controlam o sonho, após assistir na primeira noite já comecei a ter sonhos reais, e todas noites agora tenho sonhos reais. Eu não sei se tem algum perigo nisso, ex: querer acordar e não conseguir, por isso quero saber se eu tento que parar com esses sonhos ou continuo com eles e tento controlar cada vez mais?
outra coisa, é que sempre sonho com que estou em mente antes de dormir e quando estou parece real o jeito de eu agir mas acontecem coisas loucas nos sonhos, coisas difíceis de acontecer na realidade.

Jeniffer Haddad disse...

Muito lindo!

RobinsonAmaral disse...

Achei muito interessante o filme "A origem", já tive vários sonhos lúcidos. Mas não nunca compartilhei o sonho. Uma vez logo que me deitei para dormir sonhei que estava no meu quarto e minha esposa estava na cama acordada, eu fui flutuando até ela e falava pra ela que nós estavamos em um sonho juntos e que no sonho podiamos fazer qualquer coisa, até atravessar a parede, foi até engraçado que eu fui mostrar para ela que podia fazer isso e na hora eu não conseguia atravessar a parede, mas consegui atravessar uma porta, voltei e insisti para ela que estavamos em sonho, mas ela parecia um zumbi, ai resolvi não insistir mais e decidi flutuar pelo meu apartamento e depois sai pela janela fiquei flutuando pela cidade quando decidi que iria acordar e acordei normalmente. Depois perguntei pra ela se ela tinha sonhado alguma coisa ou se lembrado de mim no sonho e ela falou que não tinha sonhado com nada naquela noite. Não sei mas talvez tivessemos até compartilhado e ela esqueceu.

RobinsonAmaral disse...

Quanto ao perigo de se ter sonho lúcido, não vejo nada de perigoso. Mas acho importante uma limpeza espiritual a nível de consciência, pois constumamos sonhar com aquilo que mais nos identificamos. Se estivermos com raiva, não é nenhum pouco agradável ter um sonho lúcido, pois podemos nos ver em situações terriveis. Uma vez acordei em um sonho e me vi debaixo de uma ponte na compania de pessoas muito sujas e que estavam brigando entre si jogando pedra uns nos outros e eu fui acertado por algumas pedras e quando eu acordei na minha cama cheguei a sentir as dores das pedras por uns 3 a 4 minutos. Tive alguma dificuldade em acordar, mesmo sabendo que estava em um sonho.

Almir disse...

Boa noite a todos

Bem... A respeito de filme A Origem, acho que nao superou minhas espectativas, sendo que outro filme que aborda o tema relacionado a SONHOS chamado "Vanilla sky", eu achei melhor, e o fato de ser um pouco antigo nao tira o merito de ser um dos melhores filmes que ja assisti.

Almir disse...

Sonho Lúcido 02/04/2011
Aproximadamente as 4 ou 5 horas da manha.

Vou relatar um de meus sonhos lúcidos, que acontecer apos passar certo tempo (semanas) sem ter sonho lúcido algum.

De repente eu me vi na rua de uma cidade, era uma cidade bonita, um cenário perfeito para um sonho agradável pelo menos para mim. Havia casas grandes, a maioria de dois andares. Era um local arborizado, com uma calcada de pedras, e a rua estava "deserta", exceto pela "existência" de algumas pessoas ali, porem não havia trafego de veículos.

Eu ja me encontrava em plena lucidez naquele cenário, talvez isso se deva ao fato de eu questionar como cheguei ate ali. Eu notei que era um dos sonhos lúcidos em que eu alcancei o maior nível de lucidez, e o interessante e que eu não usei neste mês técnica alguma para se obter sonhos lúcidos, porem adormeci cansado e relutante no sofá, e foi ali que eu o tive. Então pode ser que este seja o motivo, ou seja, dormir sem querer me levou a manter a consciência durante o sonho, ou algo semelhante a técnica "WILD" este e o nome de uma técnica bem conhecida na internet se não me engano.

Bemm...Foi um grande presente explorar o cenário onírico e neste sonho sim eu poderia ate ser chamado de onironauta. Eu fiquei analisando o cenário e de repente veio uma idéia na minha cabeça, observar a reação dos "seres" oníricos pelo fato de algumas pessoas falarem que estes são apenas frutos de nossa própria mente.
Fui subindo logo por uma escada ate a sacada de uma casa. Era uma casa branca, com portas de vidros, e lá dentro um casal. Um homem assistindo tv e uma mulher conversando com ele enrolada numa toalha. Como se tratava de meu sonho, fui logo entrando, e quando abri a porta eles já me desferiram um olhar assustado que aparentava fazer uma pergunta: - O Que você faz por aqui? Andei pela casa e eles continuavam a me olhar espantados e conversando algo que eu não podia escutar, falando da possibilidade de chamar a policia talvez. Disse logo que já iria sair e em "um piscar de mente" se e que me entendem, já me vi fora da casa, na calcada agora, observando a textura das imagens, e notei que alguns pedaços do cenário estavam turvos ou opacos.
Algumas pessoas que viram eu evadir a casa vieram tirar satisfação, e uma delas, uma autoridade local queria me pegar, então eu juntei as mãos como se segurasse em algo e depois fiz como se rasgasse um papel, e a autoridade que me ameaçava rasgou também, a uma distancia. (técnica que ensinei a algumas pessoas que tinham pesadelos).
Continuei a andar e a observar as pessoas, uma moça passava pela calcada. Um grupo de pessoas me olhava de longe.
Apos um tempo nisso acabei acordando, e este um dos sonhos da noite, o único lúcido.

Ao final da experiência, com analise não cheguei a concluir se os objetos oníricos ali presentes, e pessoas são criação de nossa mente, outros seres que dividem um sonho conosco, ou algo relacionado, porem conclui que eles não respondem conforme nos desejamos. E seria ótimo que comentassem a respeito disso.


Alguns erros...Relevem
Desejo a todos uma otima semana

Dreamer disse...

Esse assunto, na minha opinião é claro, é um dos mais interessantes que já vi. Por muitas vezes tentei ter sonhos lúcidos e ainda tento, mas não consigo. Mas de qualquer forma, conseguindo ou não, eu acho isso tudo muito legal e não vai ser agora que eu vou desistir. Talvez seja meu entusiasmo com isso que está me atrapalhando. Alguém ai pode me ajudar? Me mostrar um novo caminho pra seguir que seja dentro do assunto de sonhos lúcidos? Sinto que minhas técnicas estão melhorando mas ainda assim é sempre bom ouvir novas opiniões... principalmente de vocês, que já têm uma certa experiência. Muito obrigado e que todos tenham bons sonhos ;D

Fauzi disse...

Estava na TV vendo futebol e de repente me bateu uma saudades grande de sonhos que tive no passado. Tenho que dizer que esses sonhos aconteceram em uma fase da minha vida não muito boa, ou seja quando estava em tratamento de um câncer, em 2009 a primeira cirurgia e em 2011 a segunda cirurgia. Devo dizer que graças a Deus hoje tudo esta sobre controle. Quando estava mais fragilizado ou pela cirurgia ou pelos tratamentos os sonhos começaram a acontecer naturalmente, a principio confesso que tive medo porem depois de compreender através da internet do que se tratava, passei a gostar dos sonhos e realmente conseguia entender que estava sonhando e dentro dos sonhos eu participava interagindo. Foram muitos sonhos lindos, ....sonhava que estava surfando em piscinas com cachoeiras, mergulhando em lugares profundos e lindos, em alguns sonhos eu voava, porem era difícil manter o voo, enfim tudo era muito lindo, mas, de repente os sonhos lúcidos foram parando, parando e nem notei que haviam acabado. Vou procura-los de novo é algo realmente incrível.

Fauzi Geraix