terça-feira, 15 de junho de 2010

Relato de cinco sonhos lúcidos


05 ou 06/11/2009

Este Sonho Lúcido ocorreu em 05 ou 06/11/2009. O relato foi escrito somente em 15/011/2009, com perda de detalhes.

O sonho começa não-lúcido: lembro-me que estava andando de bicicleta em uma rua movimentada. Pouco depois, a bicicleta fica bem menor, semelhante a uma bicicleta de criança. Embora me lembre ter ficado lúcido logo em seguida (SL), não me recordo exatamente as circunstâncias que me fizeram ficar lúcido no sonho, assim como a sensação. Só me recordo que estava calmo, sereno.
Vejo que na rua há uma espéie de lápide, com inscrições. Aproximo-me e tento ler, mas acho que está em uma língua estranha.
Entretanto, nesse momento, a lápide se abre, como uma porta.
Bem lúcido, entro na lápide e descubro que é uma passagem subterrânea. Ao fundo há um homem com aparência bem "normal" - careca, bigodes, meio baixo, meio gordo. Ele se apresenta ou eu suponho ser uma espécie de guru.
Ele fala de coisas mundanas.
Fico bravo e exclamo: "E a minha iluminação ? "
Ele argumenta em tom entediado que eu não sirvo para ser "curador".
Pergunto: por que ? - e ele diz que tenho fígado fraco e dá explicações científicas sobre o fígado etc.
Acordo.



15/11/2009

Estava em um ambiente interno, uma casa, com uma escada. Havia mais pessoas ali. Conversamos sobre algo que não me lembro bem, mas surge em mim a idéia da Iluminação e do Maharaj (Nota: Sri Nisargadatta Maharaj).
Faço então uma pergunta: teriam os seres iluminados aquele problema ? (discutido na conversa). Alguém me responde que não, tais seres não têm problemas. Por alguma razão que desconheço, sobrevem a lucidez onírica (SL). Resolvo dar um salto e, de fato, acabo flutuando.
Por alguma razão penso que se girar o corpo velozmente algo ocorrerá.
Começo a girar muito rapidamente e o cenário desaparece, ficando apenas escuridão e flutuação. (OBE ?).
Acordo.

30/11/2009

Antecedentes:
de madrugada, acordei às 3:00 hrs e fiquei meditando bastante. Voltei a dormir somente ao amanhecer, quando então tive esse SL.

Estava em um elevador com a Larissa. Apertamos o botão de um determinado andar, acho que do 11 andar. O elevador sobe e a porta se abre, mas não é o 11 and. Entro novamente no elevador, mas este está diferente. Aperto novamente o botão do 11 and. A porta se abre e parece que há uma incoerência, acho que não é o andar correto.
Percebendo a incoerência, mas ainda supondo que NÃO seja um sonho, resolvo esticar o dedo, discretamente.
Para minha surpresa, o dedo estica !
Agora bem lúcido (SL), digo para a Larissa ir sozinha no elevador, que depois eu vou, mas minha intenção é explorar o andar.
Vejo uma moça de saia branca andando em direção a um corredor acarpetado vermelho e resolvo segui-la.
O sonho está firme e bem lúcido.
Ando pelo corredor e, ao fundo, vejo alguns jovens, parece que estão trabalhando. O edifício se assemelha a um hotel.
O corredor tem uma passagem, uma espécie de bifurcação à direita e acho que a mulher foi por ali. Resolvo seguir essa direção.
Lembro-me então do Castañeda, da técnica de fixar a atenção em algo, desviar o olhar e voltar novamente, tudo isso com a intenção de fixar bem o cenário onírico.
Faço isso 2 vezes, mas não sei se por essa razão, o sonho se apaga.
Acordo.

14/12/2009

O SL ocoreu no meio da noite, sem que eu tivesse acordado.
Lembro-me apenas que estava no litoral com outras pessoas, acho que conversando sobre sonhos lúcidos (SL).
havia duas meninas, pré-adolescentes.
Não me lembro como me tornei lúcido, acho que foi decorrência de estar pensando nisso no sonho.
Ao ficar lúcido, entrei no mar e senti a água (influencia do SL contado pela Ivanise ?)
Os pensamentos eram claros.
As 2 meninas vieram atrás de mim.
Mergulhei na água. Elas me seguiram e, então, para convencê-las de que era um sonho, enfiei uma mão dentro da outra - lembro-me de que houve uma certa resistência e dor.
Disse a elas que isso prova que estavam em meu sonho.
Elas concordaram.
Depois, não me lembro mais o que ocorreu.
Acordo.

26/12/2009
Por voltas das 12:50 hs.

Começa o sonho já meio lúcido.
Me vejo em um cenário turvo, mas tenho certeza de que é o quarto da casa em que morava quando adolescente.

O vizinho faz muito barulho, está preparando uma festa, acho que de Natal, no quintal.

Percebendo que é um sonho (SL) e que estou na cama, faço o movimento para me levantar (projeção astral - PA) e, de fato, me levanto e sinto a flutuação, embora não haja mais imagens.

Faço ou peço para poder ver e então me vejo voando em grande velocidade em meio a um cenário muito belo. É uma orla na Europa, com casas no estilo escandinavo e barcos. O mar é muito escuro, é como se eu estivesse sobrevoando em vôo rasante.

Tudo muito nítido.

Olho para minhas mãos e estico os dedos.

No vôo, posso ver também pessoas, automóveis etc.

Sobrevôo casas e penso: preciso encontrar um mestre, será que terei que procurar ou vai aparecer ?

Tento então parar o vôo e pousar em uma casa, mas percebo que não tenho muito controle do vôo.

Fico um pouco confuso com isso e tenho a sensação de estar sendo arrastado (talvez para o meu corpo físico).

Acordo.

10 comentários:

Rafael disse...

adorei esse blog, ainda não tive um sonho lucido, mas assim q o tiver estarei postando-o aqui^^

jholland disse...

Obrigado, Rafael, pela participação no Blog.

Quanto aos Sonhos Lúcidos, trata-se apenas de exercitar a auto-observação, bem como dar mais importância aos sonhos em geral, ainda que não lúcidos.

ÉDaí por diante, é só uma questão de tempo...

Quando tiver seu SL, por favor, mande-nos como comentário que postaremos no Blog.

Abs !

Hebert disse...

olha se eu postar meus sonhos lucidos praticamente vai ser um filme porno.

madu disse...

adorei o blog , eu acho que tive um sonho lucido , mais ainda não consigo identificar as diferenças , e mais como se fossem varias versões de um mesmo acontecimento , soi meio assustador

Anônimo disse...

Sempre tenho sonhos lucidos

Anônimo disse...

Uma vez dormi com o barulho de um grupo evangélico orando no monte perto da minha casa, então quando percebi, já no sonho lucido, vi que um grupo de seres iluminados saiu de la e veio na direção da minha garagem. Eu sai do meu corpo e fui abrir a porta p eles que entraram na sala. Junto c eles haviam muitas crianças, então eu me ajoelhei para conversar com elas. Uma criança me disse que uma delas estava sendo escolhida para ser meu filho e eu fiquei muito feliz pois não podia ter filhos, na vida real eu estava fazendo tratamento, conversamos sobre mais alguns assunto e eles se despediram, entao voltei para meu corpo e quando abri meus olhos nao consegui me movimentar, meu corpo estava quente e com uma especie de carga elétrica que corriam por todo o corpo. Foi maravilhoso, uma sensaçao de bem estar. Isso foi em janeiro. Em julho fiquei grávida.

Anônimo disse...

Depois dessa experiencia com as crianças, os sonhos lucidos se tornaram frequentes nas minhas niotes. cristianetanny@yahoo.com.br

Jose Roberson disse...

meu ja é a quinta ou sexta vez que sei que estou sonhado e quando quero acordar acordo é mto loko

Fabricio disse...

O meu sonho foi da seguinte forma:
Estava eu em uma casa então vejo uma moça que conheço, então eu vou e beijo ela nesse momento eu começo a ser puxado possivelmente para acordar então eu tento ao máximo ficar, fica tudo escuro por um breve momento. Então volto para o sonho só que já em SL então me vejo em um campo, sabendo que estou completamente lúcido penso um pouco sobre isso, lembrando que li que poderia voar tento, mas são mais saltos lentos como astronautas, então o despertador do meu celular toca, mas como ele é daqueles que toca uma musiquinha calma eu continuo no sonho só que ouvindo a música e sei que tenho de levantar pra ir pro serviço, mas eu estava tão lúcido que não conseguia sair do sonho, queria mas não conseguia de jeito nenhum aí toca a outra música bem barulhenta então consigo sair. Fiquei pensando como consegui, lembrei que fiquei acordado por cerca de uma hora das 3 às 4 então acho que esse é o caminho mais fácil. Tentarei mais vezes. Ótima sensação.

André Braz disse...

Muito bom o Blog! vou visitar mais vezes pra manter o foco nos sonhos!
Eu sempre fui bastante ''exotérico'', em pesquisar esse tipo de fenômeno e tentar tirar a prova. sonhos lúcidos foi uma das coisas que mais me impressionou, conheci como projeção astral, até entender que tudo o que eu conhecia por outros nomes se resumiam aos sonhos lúcidos. Um dia encontrei em um sebo um livro chamado sonhos lúcidos e levei um pouco desacreditado do que viria... resultado: li o livro em 2 dias, e usando as tecnicas levaram mais 2 dias pra ter meu primeiro sonho lúcido induzido por conta própria... e até hoje o único realmente forte o suficiente pra mim ter consciência.

RELATO
eu estava dirigindo a montana do meu pai, e do nada ela escorregou e bateu a lateral.
fiquei indignado e pensei ''só me resta ir pra casa e mostrar a cagada pro meu pai''
continuo o caminho e em uma curva o carro simplesmente vai reto ignorando o volante e eu acerto um poste de frente, destrói o carro e eu penso ''agora fod*u, pqp, só pode ser um sonho... quando eu penso isso na hora percebo que é um sonho, olho os detalhes dentro do carro e era perfeito, limpinho o interior e parecia que recém passaram silicone no painél. saio do carro e me lembro das tecnicas do livro, olho pra minhas mãos e elas eram translucidas e eu não conseguia entender se tinha 5 ou 6 dedos em cada mão, girei ao redor de mim mesmo e o cenário me parece fraco na lembrança de agora... perco a lucidez e continuo sonhando, e dado momento surge certa lucidez, já estou em casa e a rua estava um pouco diferente, tento voar para impressionar 2 pessoas na frente da minha casa mas como um relato que li aqui, só conseguia dar uns pulos de astronauta. eu não estava com plena consciencia como na hora em que bati o carro (mas sabia que era sonho), talvez por isso não consegui voar.